Parabéns! Sua mensagem foi recebida.

CURSOS DE EXTENSÃO

ELABORAÇÃO DE DOCUMENTOS PSICOLÓGICOS

24, 25 E 26 DE AGOSTO DE 2018

 VAGAS LIMITADAS!

Ao longo de sua prática o psicólogo tem sido solicitado em vários contextos a elaborar algum tipo de documento psicológico. Entretanto, a literatura especializada fornece dados que possibilitam compreender que essa é a tarefa que costuma ser mais evitada por esse profissional, pois compromete muito quem a exerce. A dificuldade está no fato de ser necessário muito conhecimento, experiência clínica e dedicação; fazendo com que o profissional inseguro a evite (Almeida et al., 2015). Os documentos psicológicos são documentos oriundos de um processo de avaliação psicológica e por isso possuem um valor técnico-jurídico, assumindo um caráter de comunicação oficial, sendo sustentados por princípios científicos e formalizações.

 

A Avaliação Psicológica é uma função privativa do Psicólogo, como determina a Lei nº 4.119 de 27/08/62 (alínea ‚a‛, do parágrafo 1º do artigo 13). De uma forma geral, a avaliação psicológica é entendida como processo técnico-científico de coleta de dados, estudos e interpretação a respeito de fenômenos psicológicos que são resultantes da relação indivíduo com a sociedade, utilizando-se, para tanto, de estratégias psicológicas, métodos, técnicas e instrumentos (Estrela, 2006).                    A elaboração de relatórios, é o processo final da avaliação psicológica, um dos principais desafios para o psicólogo, afinal de contas, é neste momento que todo o processo de investigação é sintetizado. O relatório não é apenas o resumo dos resultados dos testes e exames, ele é a expressão final do procedimento de avaliação.

 

OBJETIVOS:

Oferecer recursos para que o participante possa planejar uma avaliação psicológica de acordo com os objetivos, contexto, público alvo, bem como selecionar instrumentos e técnicas de avaliação. Proporcionar ao participante a compreensão do processo de avaliação psicológica, considerando aspectos de legislação e aspectos éticos que permeiam esta prática, com vistas à elaboração de relatórios psicológicos através do desenvolvimento de um raciocínio clínico e crítico, integrando as informações de diferentes fontes obtidas na avaliação psicológica, para que o seu objetivo seja atingido de forma mais adequada.

 

           

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: 

- Modalidades de documentos e finalidades;

- Estrutura e apresentação dos documentos;

- Elaboração de documentos para diferentes contextos;

- Legislação pertinente a avaliação psicológica e de elaboração de documentos psicológicos;

- Planejamento da avaliação psicológica (seleção de instrumentos e técnicas de avaliação) de acordo com os objetivos, contexto e público alvo;

- Aspectos éticos envolvidos na avaliação psicológica e elaboração de documentos;

- Instigar a capacidade crítica de reflexão sobre as conseqüências sociais do resultado final do processo de avaliação, que é o relatório psicológico.

 

MODALIDADE DE OFERTA: Presencial (Teórico e Prático).

 

DATA: 24, 25 e 26 de agosto de 2018 (Sexta, Sábado e Domingo)

 

CARGA HORÁRIA TOTAL: 20hs

 

HORÁRIO: Sexta-feira das 18h às 22h.

                   Sábado das 08h às 18h.

                   Domingo: das 08h às 12h.

PÚBLICO ALVO: Psicólogos e acadêmicos de psicologia.

NÚMERO DE VAGAS: 40

 

CERTIFICAÇÃO: cursos conferem a certificação de atualização, conforme estabelecido na atual legislação educacional do país regido pelo Art. 44 da Lei Federal nº 9.394/96 do Conselho Nacional de Educação e a marca de qualidade do CIAP Educacional.

 

PROFESSORA CONVIDADA:  Lidiane Andreza Klein -  Psicóloga, Especialista em Neuropsicologia- UFRGS e Mestre do Programa de Psicologia e Saúde – UFCSPA, com o projeto intitulado: Mudanças cognitivas e comportamentais em idosos aprendizes de balé clássico. Trabalha com capacitações em escolas e em instituições de longa permanência para idosos. Ministra cursos na área de Neuropsicologia. Trabalha com avaliação psicológica / neuropsicológica e reabilitação neuropsicológica na clínica.